Mesmo com o aumento da informalidade e os baixos salários, os brasileiros estão comendo mais fora de casa, é o que aponta dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2017–2018, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Troca de mercadorias por serviços é opção para quem precisa almoçar fora e não quer comprometer tanto a renda familiar.

No período analisado as famílias gastaram, em média, R$ 658,23 mensais com alimentação, sendo 67,2% (R$ 442,27) com alimentos consumidos em domicílio e os demais 32,8% (R$ 215,96) com alimentação na rua. Para ter uma ideia, o valor médio de uma refeição fora de casa no Brasil é de R$ 34,84, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Benefícios ao Trabalhador.

Mais do que uma demanda da vida moderna, os dados demonstram que alimentação fora de casa é um setor que traz inúmeras oportunidades de negócios. Muitas pessoas, por exemplo, têm procurado alternativas para que a alimentação não pese tanto no bolso, como o escambo, realizado, por exemplo, por meio da X por Y, a maior plataforma de permutas multilaterais do Brasil em número de usuários.

Por meio de um banco de troca online é possível que empresários e profissionais liberais façam trocas de seus produtos e serviços por consulta com nutricionistas, aquisição de produtos naturais e refeições saudáveis, além de outros produtos e serviços relacionados à saúde, qualidade de vida e alimentação balanceada.

Segundo o sócio-fundador da empresa, Rafael Barbosa, o ramo de alimentação fora do lar é também altamente competitivo e diversificado, e o sistema de permuta é mais uma forma que estabelecimentos deste segmento têm para conquistar mais clientes. Com mais de 8 mil associados, a plataforma oferece uma gama muito grande de serviços e produtos que podem ser utilizados tanto por estabelecimentos comerciais quanto por pessoas físicas. As trocas são realizadas por meio da moeda digital X$, exclusiva da plataforma, sendo que cada X$ equivale a R$ 1,00.

Dentro da economia colaborativa é possível diminuir os gastos para quem consome e aumentar a margem de lucro para quem presta esse serviço de alimentação fora do lar. Esse é o caso de Paulo Garcia, proprietário do restaurante Chão Nativo, localizado no Setor Bueno, em Goiânia. Na plataforma há quase 5 anos, a troca digital esta crescendo e isso aquece o movimento no restaurante. “Aderimos à plataforma digital pelo fato do País estar vivendo um momento difícil. Vimos a possibilidade de vender em X$ para trocar por produtos e serviços que usamos com frequência e deu certo”, ressalta. Paulo explica que os recursos arrecadados em moeda digital são revertidos para serviços no restaurante e pró-labore. “Aqui no restaurante eu já usei para dedetização e algumas reformas, mas na maior parte das vezes utilizo como retirada de pró-labore quando saio, ao pedir uma pizza e um lazer com a família”, explica. Além dos serviços dos restaurantes, a plataforma conta com ofertas de alimentação diversificadas com ofertas de café da manhã, lanches diversos, almoço e marmitas, inclusive, gerando economia no dia a dia, tanto os estabelecimentos com emissão de ticket de alimentação, quanto os consumidores que usufruem para outros fins.

Sobre a XporY.com

A XporY.com é uma scale up criada em 2014 com o objetivo de promover a economia colaborativa, mostrando uma alternativa para profissionais e empresas gerarem valor com seus serviços e produtos. Na plataforma tudo é negociado em X$. Os créditos na moeda digital podem ser consumidos com qualquer produto ou serviço oferecidos pelos associados, sem o uso de reais.

Um diferencial da XporY.com em relação a outras plataformas é que os participantes não têm que pagar para entrar na rede e nem um valor mensal como manutenção. Somente na hora de consumir é que se paga apenas uma taxa de 10% em reais sobre o valor da compra..

Se você está em Goiânia, confira onde pode aproveitar os benefícios da plataforma de permutas XporY.com: Restaurante Chão Nativo Horário de funcionamento: segunda a segunda, de 11h às 15h Endereço: Av. T 11, no Setor Bueno. Obs.: Voucher não é válido para sábados, domingos e feriados Galinhada e Cia Horário de funcionamento: segunda a segunda, das 10h às 15h Endereço: Av B, Qd 64, LT 01, Sala 04, Setor Centro-Oeste República da Saúde Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira: de 11h30 às 14h45, e sábado, domingo e feriados: das 12h às 15h45. Endereço: Rua 89, nº 655, Setor Sul Churrascaria Capim Dourado Horário de funcionamento: segunda a domingo, de 11h às 15h Endereço: Rodovia BR-153, Qd. C-26, Lt 1/22, Jardim Goiás Restaurante Sabor 85 Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, de 11h às 15h. Endereço: Avenida 85. nº 415, Setor Sul Amor por Café Cafeteria Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e sábados das 7h às 14h Endereço: Rua C 32, Qd 12, Lt 16, Sala 6, Jardim América Essenza Restaurante Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 11h às 13h45 Endereço: Rua 18-A, nº 266, Setor Aeroporto Seleto Restaurante Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 11h às 14h30 Endereço: Av. C-182, Qd 556, Lote 18, esquina com Rua C-139, Setor Nova Suíça Thiosti Restaurante e Choperia Horário de funcionamento: de terça-feira a sexta-feira, das 11h às 15h Endereço: Rua 1136, n 97, Quadra 239, Lote 30, Setor Marista