Plataforma de economia colaborativa com moeda complementar atrai novas empresas e pessoas

Pessoas e empresas em busca de oportunidades para captar novos clientes, divulgar seus trabalhos e produtos, são atraídas por site de compra e venda através da moeda complementar, a XporY.com. Foi o caso da Graziela Beloti Goncalves Santos, da empresa Gadi Festas Personalizadas, que por indicação de uma amiga foi a reunião para entender como funciona todo o processo da plataforma de economia colaborativa e resolveu se cadastrar e experimentar a novidade.

“Eu trabalho nesse segmento há pouco mais de um ano. Faço festas infantis de acordo com a escolha do cliente, e nunca repetimos o único cenário. E nesse quase um mês na XporY.com várias pessoas me procuraram para fazer orçamento. E está sendo uma experiência válida, pois assim posso conhecer outros profissionais de distintas áreas, uma forma de me relacionar, trocar figurinhas, além de economizar o meu dinheiro em espécie” afirma Graziela.

A XporY.com é uma start up criada em 2014 com o objetivo de promover a economia colaborativa, mostrando uma outra alternativa para profissionais e empresas gerarem valor com seus serviços e produtos. A empresa surgiu graças ao incentivo do programa Tecnova, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg) e graças a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em âmbito federal.

Desde então a XporX.com vem promovendo trocas de serviços e produtos entre seus integrantes por meio de uma moeda complementar, denominada X$, que tem o mesmo valor do R$. Ao invés de cobrar em Reais, os integrantes recebem nessa moeda complementar X$ e usam os créditos para consumir as demais ofertas da plataforma, sem o uso de dinheiro. “Os profissionais continuam produtivos, as empresas mantém o seu giro de estoque e, de quebra, aumentam seu poder de compra. Sem falar que a XporY.com também funciona como uma vitrine porque expõe e divulga os profissionais e empresas cadastrados”, explica Rafael Barbosa. Segundo ele, a ideia nasceu de modelos de plataformas de permutas criadas nos Estados Unidos.

Pensando em ajudar quem ainda não decidiu o presente, a startup, que há quatro anos reúne centenas de empresas e profissionais autônomos que negociam produtos e serviços em moeda regional , o X$, com algumas sugestões. Qualquer pessoa, jurídica ou física, pode comprar itens da plataforma.

Diferencial

Um diferencial da X por Y, em relação a outras plataformas , é a ausência de custo de adesão, ou seja os participantes não têm que pagar para entrar na “rede” e nem um valor mensal como manutenção. “Com a X por Y, somente na hora de consumir, é que paga-se apenas uma taxa de 10% em reais sobre o valor da compra”, explica o empresário. Quebre paradigmas e experimente.O cadastro é gratuito. Acesse o link https://www.XporY.com/ para preencher os dados solicitados como empresa (CNPJ) ou profissional liberal (CPF). Feito isso, inclua telefone, endereço, email, logo marca (foto). Depois, entre no cadastro de ofertas e descreva o seu tipo de produto ou serviço que deseja oferecer.